A Vivência da consagração - Testemunho da Dra. Daniela Freitas

Testemunho da Dra. Daniela Freitas

A CONSAGRAÇÃO A VIRGEM MARIA

Não há criancinha que crescendo na igreja de Jesus Cristo não tenha em algum momento entoado hinos de amor à sua mãe Maria... e rezado ao menos uma Ave Maria em toda sua infância, e não tenha se deparado com sua beleza nas várias imagens que lhe são dedicadas como uma doce recordação de sua presença no meio de sua igreja.

Não há adulto que ao longo de sua vida não se recorde de ter louvado, clamado, ou amado esta terna mãe ... que não conheça ao menos um refrão... uma estrofe de uma doce canção que recorde este amor nascido já na infância....

“Ave maria, mãe de Jesus...

o tempo passa, não volta mais...

tenho saudade daquele tempo

que eu te chamava de minha mãe...”

 

ou mesmo... “Mãezinha do céu, eu não sei rezar... só sei repetir eu quero te amar!”

Este primeiro amor sempre vai estar lá em nossa alma... como inscrito está o amor de Deus em nós!

Tenho pra mim que ao receber a graça santificante do batismo, e nos inserirmos no corpo místico de Cristo, somos também inseridos e gravados neste coração da mãe, de forma especial.

Assim eu também...

Como muitos, em meu caminho de conversão, nutria este amor a Santíssima virgem Maria, sabendo ser ela digna mãe de Deus e também nossa, conforme Jo 19, 26-27 (Jesus, ao ver sua mãe e, ao lado dela, o discípulo que ele amava, disse a mãe: “Mulher eis o teu filho!”. Depois disse  ao discípulo: “Eis a tua mãe!”)

Mas faltava algo nesta relação maternal... havia uma distância entre o que minha inteligência e mente eram capazes de entender e crer pela palavra de nosso Senhor Jesus Cristo e o que a alma e o coração eram capazes de perceber e viver...! Na verdade estas palavras tão belas não estavam gravadas na minha alma!

Poderia dizer que eu sentia um aconchego, admiração e simpatia por aquela que era a mãe de nosso senhor Jesus.

Decidir pela consagração à Virgem Maria foi uma decisão de escolher dar as mãos àquela criatura que mais de perto viveu a história da salvação humana e a história de amor de um Deus que se fez homem por cada um de nós!

Decidir ter intimidade com esta mãe... conhecê-la de perto! Querer dar as mão a ela! Querer viver com ela! Reconhecer que como Jesus vivo está, também ela viva está! E cuidando de nós, como nos ensina a santa Igreja Católica Apostólica Romana.

Então embora não me considerasse digna decidi me consagrar. Decidir ter a coragem de quem se vê e vê que há tantas mazelas e misérias, mas decide acolher o auxílio materno para ser melhor... para ser uma nova pessoa que assume o desejo de ser parecida com sua mãe!

Em Janeiro de 2013 na minha paróquia Nossa Senhora de Fátima, por um graça e presente da mãe, fui inserida em um grupo, “FILHOS DE MARIA”, criado pelo então padre que nos assistia nesta paróquia, Pe Ricardo José Caricatti. Este grupo tem por espiritualidade central, em semelhança à espiritualidade Monfortina, a devoção total à Santíssima Virgem Maria.

Foi então que conheci este método de consagração à virgem Maria.

Podemos nos consagrar a ela de várias formas, mas foi através deste método que encontrei a perfeita relação com aquela que decidi aceitar, não na mente ou na inteligência, mas de todo meu coração e entendimento, como mãe de Deus e dos homens, como minha mãe!

Neste método há um período de preparação, de estudos e aprofundamentos de conhecimentos sobre a virgem Maria. Quem é esta senhora???

E vários exercícios espirituais que vão nos auxiliando a abrir a alma a tudo que estamos conhecendo sobre esta mãe, nossa mãe... e neste período já contamos com este auxílio tão grande desta nossa intercessora, tão onipotente em suas súplicas.

Por que nos consagrar?

Entendi que para viver esta conversão dia- a dia e conhecer e amar verdadeiramente nosso Senhor Jesus eu precisava deste auxilio, porque me vi incapaz, por mim mesma, de ter para com meu Deus uma relação de amor, fidelidade e caridade, constância e fé, generosidade e entrega. Me vi necessitada do auxílio, da orientação, do sustento, daquela que mais perfeitamente amou seu Deus e foi toda plena do Espírito Santo! Ela sim poderia me indicar o caminho, me auxiliar nas quedas, não me deixar afastar...

Assim este método tem objetivo não de nos levar à criatura “Maria” mas é uma forma de mais perfeitamente ser todo consagrado a nosso salvador e Senhor, nosso Senhor Jesus Cristo!

Confesso que não me sentia preparada, mesmo após todo o período de preparação, nem era capaz de dar com a minha vida toda a resposta ao meu Jesus e a sua mãe Santíssima.

Mas fui caminhando aos poucos, sempre confiando no auxilio e na presença dela e sempre suplicando que me ensinasse a viver esta verdadeira consagração que consiste em ser escravo de Jesus por meio de Maria.

Após a primeira consagração, as coisas foram modificando e a primeira mudança foi na minha vida de oração. Ao assumir com a Virgem Maria o compromisso de encontrar-me com Ela nas orações que são deveres dos consagrados, aos poucos ela foi incorporando em mim um desejo grande pela oração, que depois passou a ser uma necessidade, constante e diária, incessante...

Foi se apresentando a mim com suas virtudes tão belas e encantadoras sobretudo a humildade, a caridade, a fidelidade, a castidade, e isso foi criando na minha alma um desejo de mudança... com isso foi mudando meu comportamento, minhas atitudes, meu vestuário, minhas escolhas e decisões, minha disponibilidade ao meu Jesus. Claro que estou bem longe de onde devo alcançar mas este processo é algo que viverei enquanto nesta vida estiver... sempre contemplando e buscando no exemplo dela o que devo ser, e sabendo que quando não puder ela vai me auxiliar. Percebo que a cada ano quando renovo minha consagração Ela vai me fazendo ser um pouco melhor... e vai produzindo mudanças reais na minha vida, nos meus relacionamentos, no meu trabalho.

E assim após a consagração foi modificando meu relacionamento com seu Filho Jesus, tornando-me mais dócil a ação do Espírito Santo de Deus, à Palavra de Deus... Ensinando-me a acolher com simplicidade a Palavra de Deus... e a guardar no coração as palavras, as promessas... a acreditar! A ter fé! A desejar adorá-lo na santa Eucaristia e a compreender sua presença real!

Ensinou-me a caminhar com Jesus nos momentos de dor e sofrimento, nas decepções e frustrações, e a esperar sempre com alegria pois dela se diz: FELIZ!

Maria nos ensina a ter uma alma como a dela, agradecida e feliz, de quem se sabe amado tudo que há para ser amado por seu Deus...

Lc 1,42: “Bendita és tu entre as mulheres, e bendito é o fruto do teu ventre!”,

 Lc 1,45-46: “feliz aquela que acreditou, pois o que lhe foi dito da parte do senhor será cumprido! A minha alma engrandece ao Senhor e meu espírito se alegra em Deus meu Salvador.

Assim posso testemunhar que tudo que tenho devo a Maria!

Sou grata a Ela e por isso com Ela posso dizer: minha alma engrandece ao Senhor!

A Ela, através desta consagração, devo todas as mudanças de meu caráter, todos os crescimentos das virtudes, todas as fortalezas para vencer as tentações e me afastar do pecado, todas as mudanças de meu comportamento pessoal, profissional...

A Ela devo o amor que hoje tenho ao meu Senhor e Salvador, nosso Senhor Jesus Cristo!

A Ela devo o amor que, em meu coração, fez brotar: pela igreja de nosso senhor Jesus Cristo. De querer guardá-la sempre em oração, compreendê-la, amá-la incondicionalmente, obedecendo-a!

A Ela devo a esperança, a alegria, a confiança, a fé na Palavra santa de Deus!

A ela devo tudo!

Sei que tenho tanto para melhorar, para mudar, para aprender com meus irmãos e com meu Deus... Mas é por Ela que tenho a esperança de vencer a mim mesma, ao mundo e aos nossos inimigos espirituais ... pois a Ela foi dada esta autoridade, Gn 3,15: “Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. Esta te ferirá a cabeça e tu lhe ferirá o calcanhar”.

E assim de graça em graça, sempre com Ela espero  que algum dia poderei estar na santa glória, exultando e cantando louvores Àquele que merece de nós nosso tudo! Àquele que tanto nos amou e tudo se doou por cada um de nós, junto da virgem Maria !!!

TOTUS TUUS!!!

SOU TODO TEU Ó MÃE!!!

TUDO COM JESUS, NADA SEM MARIA!

Dra. Daniela Freitas

 


Mais Artigos.